8/6/2013 | 9h às 13h | Auditório do Sinpro/RS - Porto Alegre
A sociedade tenta se proteger da criminalidade e assegurar o controle em relação às pessoas que circulam nas vias públicas instalando câmeras de vigilância. As escolas começam a utilizar esse recurso também dentro das salas de aula. O que significa o uso desse recurso? A sala de aula deve ser um espaço de controle externo? O que implica esse procedimento na relação professor e aluno?

Este tema polêmico enseja a realização do painel As câmeras de vigilância e o processo educativo, pelo Sinpro/RS, com a participação de psicanalistas, psicólogos, professores e doutores em Educação.