Professores definem pauta de reivindicações para negociação 2014

A direção do Sinpro/RS irá, nos próximos dias, sistematizar a pauta com a decisão de todas as assembleias.

Por Comunicação Sinpro/RS
Assembleia | Publicado em 02/01/2014


Os professores da Região Metropolitana encerraram, no sábado, 7 de dezembro, em Porto Alegre, a agenda de 25 assembleias realizadas em todo o estado desde o dia 20 de novembro, para definir a pauta de reivindicações 2014, que será entregue ao Sinepe/RS. A direção do Sinpro/RS irá, nos próximos dias, sistematizar a pauta com a decisão de todas as assembleias.

Dentre as principais reivindicações aprovadas estão:

Educação Básica: reposição da inflação (INPC); aumento real de salário; a equiparação dos valores hora-aula do ensino fundamental; limitação e remuneração do trabalho extraclasse; limitação no número de alunos por turma; suporte pedagógico e administrativo aos professores com alunos com deficiência e recesso escolar de duas semanas em julho.

Educação Superior: reposição da inflação (INPC), 3% de aumento real de salário; regulamentação da concessão de férias para evitar o desencontro de calendários; garantia do pagamento de atividades especificas (reuniões, bancas, coordenação) com base nos valores hora/aula e regulamentação das condições de trabalho no Ensino a Distancia.

Os professores também aprovaram nas assembleias a contribuição negocial a ser descontada dos salários em duas parcelas: 2,5% em maio e 2% em julho.