Sinpro/RS e Sindepars chegam a uma proposta para acordo coletivo


Comunicação Sinpro/RS
Convenção Coletiva | Publicado em 29/01/2013


A direção do Sinpro/RS e a direção do Sindepars chegaram a uma proposta de acordo com vistas à Convenção Coletiva de Trabalho 2013 dos professores do Sesi e Senai. Na quinta-feira, 17, o Sindicato patronal aceitou a reivindicação do Sinpro/RS de conceder 1% de aumento real de salário para todos os professores que ganham acima do piso, efetivando 7,2% de reajuste (o INPC do período ficou em 6,2%).

Este aumento salarial incidirá sobre a base dos salários de julho de 2012, onde já houve um acréscimo de 0,96% para os professores da Educação Básica. Assim, o aumento real ultrapassa os 2%, visto que o aumento não será compensado no aumento da data-base, que é em 1º de janeiro.

Em reunião no dia 10 de janeiro, o Sinpro/RS e Sindepars já haviam acordado sobre os seguintes itens: aumento de 10% nos pisos dos professores da Educação Básica (Ed. Infantil, Fundamental, Médio e Ed. Profissional); aumento de 7,2% no piso da Educação Superior; aumento de 8,2% no vale-refeição; reajuste para R$ 182,24 para o reembolso creche, estendido para filhos de até 4 anos de idade (48 meses); feriado do Dia do Professor no dia 14 de outubro (segunda-feira) e negociação do Plano de Carreira Docente da Fatec/Senai, a ser realizada no início do período letivo de 2013.

A proposta para acordo será avaliada em assembleia geral no mês de março, quando também o Sinpro/RS realizará assembleia dos professores da Fatec para analisar a proposta de Plano de Carreira.