Página Principal  Comunicação  Notícias

Aumentar(+)   Diminuir(-)
27/11/2017

1,5 milhão de assinaturas contra a Reforma Trabalhista até fevereiro

O prazo para coleta de assinaturas do Projeto de Lei de Iniciativa Popular (Plip), que propõe a revogação da Reforma Trabalhista, deverá ser estendido até o início de 2018.
 
De acordo com o diretor do Sinpro/RS, Amarildo Cenci, o processo de coleta de assinaturas encerrou uma primeira etapa, mas permanecerá em andamento. “A campanha foi aprovada no final de agosto. Ou seja, tivemos apenas os meses de setembro e outubro – um período muito pequeno para obter o mínimo de 1,3 milhão de assinaturas necessárias. Além disso, ainda há muita desinformação, inclusive dentro da categoria. Muitos ainda não sabem o que foi aprovado pelo Congresso e também muita gente que não sabe o que é o Plip”, avalia
 
Segundo ele, além do Sindicato, com engajamento dos professores, também existe a adesão dos movimentos sociais e dos estudantes. Já estimamos ter colhido um terço das assinaturas necessárias, aqui no estado, cuja meta era 150 mil e já obtivemos cerca de 50 mil. Entre os professores do ensino privado estimamos a adesão de 5 mil professores até este momento, o que é bastante significativo. 
 
A expectativa da CUT nacional é de que se obtenha mais de 1,5 milhão de assinaturas para serem entregues ao Congresso Nacional, em fevereiro, após o recesso parlamentar.
 
 

Voltar Imprimir Enviar por E-mail   Informar Erro   Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter

Sinpro/RS - Av. João Pessoa, 919 - Farroupilha - CEP 90040-000 - Porto Alegre - RS - Fone (51) 4009 2900 - Fax (51) 4009 2917 - Filiado a CUT, Contee e Fetee/SUL

© Copyright 2006 - 2017, Sinpro/RS - Todos os direitos reservados.