Aumentar(+)   Diminuir(-)
03/2001 MAIO Boletim Informativo do SINPRO/RS, entidade filiada à CUT e CONTEE  


UNIVERSIDADE COMUNITÁRIA:
O primeiro desafio é ser democrática


O seminário Limites e Possibilidades da Educação Superior na Região da Campanha e Fronteira Oeste, realizado pelo Sinpro/RS em São Gabriel, no último dia 12, revelou-se um fórum de debates sobre a experiência de democratização das instituições universitárias e resultou no agendamento de dois novos encontros - o primeiro em Alegrete, em julho, e o segundo em Bagé, no mês de setembro.

Durante a realização dos debates em São Gabriel, boa parte do público manifestou-se surpreso com o relato de experiências democráticas nas instituições de origem dos painelistas convidados. No painel de abertura, Papel Estratégico da Educação Superior, o professor Jaime Wünsch, da Unijuí, salientou que entre os objetivos estratégicos da Universidade está a redução das desigualdades sociais, o desenvolvimento sustentável, a preservação da cultura e o fortalecimento da Democracia.

Na seqüência, o professor Jaime Giolo, pró-reitor da UPF, enfocou a inserção regional das universidades comunitárias e a importância da representação da sociedade organizada nas instâncias de decisões das mantenedoras. Giolo lembrou que as instituições comunitárias são públicas não estatais e, mesmo sendo originárias das elites locais, agregaram importante valor comunitário. Mencionando recente texto do Comung (Consórcio das Universidade Comunitárias Gaúchas), Giolo acentuou que essas instituições não pertencem a um dono, grupo privado ou confissão religiosa, estando sujeitas à fiscalização por auditores externos.

A questão básica da democratização das instituições foi reforçada pela lembrança de que a gestão dessas universidades deve se caracterizar pela eleição, com a participação democrática de toda a comunidade universitária (alunos, professores, funcionários e representação da sociedade organizada).

Partindo do relato de sua experiência na Unisc, João Pedro Schmidt também salientou o processo para que as universidades sejam ambientes de pleno exercício da democracia. Citou uma série de procedimentos, que vão desde o processo eleitoral transparente até a definição orçamentária. Na visão de Schmidt, "a democratização da instituição depende fundamentalmente do grau de envolvimento dos atores que dela participam". Considerada um exemplo de instituição democrática, a Unisc recebeu o Prêmio Educação RS, instituído pelo Sinpro/RS em 1998, em sua primeira edição.


Valores hora-aula pagos em 2001

Confira Quadro Salarial de Valores Hora/Aula, praticados nos estabelecimentos privados de Educação Superior das cidades de abrangência do Sinpro/RS. Clique aqui!





Voltar   Imprimir

Sinpro/RS - Av. João Pessoa, 919 - Farroupilha - CEP 90040-000 - Porto Alegre - RS - Fone (51) 4009 2900 - Fax (51) 4009 2917 - Filiado a CUT, Contee e Fetee/SUL

© Copyright 2006 - 2017, Sinpro/RS - Todos os direitos reservados.