Saúde

O Sinpro/RS tem uma constante preocupação com a saúde e o bem-estar dos professores – assunto permanente na mesa de negociação com os sindicatos patronais. Em meados dos anos 90, firmou convênios com cooperativas de saúde para oferecer aos associados Planos de Saúde médico e odontológico de qualidade e preços acessíveis.

No início dos anos 2.000, o Sindicato criou o Núcleo de Núcleo de Estudo e Preservação da Saúde do Professor (Nesp) para acompanhar as condições de saúde dos professores do ensino privado gaúcho. Formado por uma equipe de diretores do Sindicato, assessores jurídicos, pesquisadores e profissionais da área da saúde, o Nesp tem promovido, desde então, estudos que avaliam as condições de trabalho e saúde dos docentes por meio de Pesquisas aprofundadas com a categoria.

A equipe do Nesp foi responsável por denunciar ao Ministério Público do Trabalho (MPT) o não cumprimento das Normas Regulamentadoras (NRs) 6, 9 e 15 por instituições do ensino privado, resultando na exigência de adequações em várias instituições em algumas cidades do RS. Também participou ativamente das políticas em defesa do direito ao descanso dos professores, problema encaminhado ao MPT e objeto de Notificação Recomendatória às instituições de ensino privado.

Em 2015, na busca por ações que promovam uma melhor qualidade de vida aos professores lançou, em Porto Alegre,  o projeto Move – Grupo de Corrida e Caminhada exclusivo para associados e seus dependentes. E, em 2018, lançou a plataforma Somos na web, com orientações sobre alimentação, exercícios, cuidados com a voz e corpo, programas de caminhada e corrida, acessível aos professores de todo o estado.

DESTAQUES