EaD para Ensino Médio recebe veto do MEC


Comunicação Sinpro/RS
EaD | Publicado em 26/01/2012


O Ministério da Educação (MEC) vetou trecho de uma resolução do Conselho Nacional de Educação (CNE) que recomendava a oferta de ensino a distância em até 20% da carga horária do ensino médio regular noturno. A decisão foi um dos últimos atos do ex-ministro Fernando Haddad. A possibilidade de incluir atividades não presenciais no currículo de ensino médio noturno constava na versão original das Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Médio, aprovada em maio. Sob pressão de sindicatos de professores, Haddad pediu ao CNE que o texto fosse alterado, com a retirada do trecho relativo ao ensino a distância. O conselho acatou a solicitação. A justificativa é que as turmas noturnas têm dificuldade para cumprir a carga horária. Nenhuma escola é obrigada a seguir as diretrizes, que servem para orientar os sistemas de ensino.

 

FONTE: O Globo (RJ), Demétrio Weber – 26/01/2012