Sindicato alerta para a manutenção da suspensão das aulas presenciais

Decisão judicial mantém a suspensão das atividades presenciais mesmo após a retomada da cogestão

Por Comunicação Sinpro/RS
PANDEMIA | Publicado em 22/03/2021


Foto: Igor Sperotto

Decisão judicial mantém a suspensão das atividades presenciais mesmo após a retomada da cogestão

A direção do Sindicato dos Professores enviou mensagem eletrônica, na tarde desta segunda-feira, 22 de março, alertando a categoria sobre a manutenção da suspensão das atividades presenciais nas instituições de ensino privado, de todo os níveis, a partir da retomada do regime de cogestão entre o governo do Estado e as municipalidades no enfrentamento da pandemia do Coronavírus.

A permanência da restrição, enquanto o estado estiver em bandeira preta, se deve à decisão proferida pela 1ª Vara da Fazenda Pública do Foro da Comarca de Porto Alegre/RS, em 4 de março, na ação ajuizada pela Federação dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino (FeteeSul) e pelo Sinpro/RS, bem como pelo deferimento da ação proposta pela Associação de Mães e Pais pela Democracia – AMPD, no dia 28/02/2021, pelo 2º Juízo da mesma Vara.

Leia a matéria sobre a decisão judicial.