Educação Básica: professores aprovam pauta de reivindicações

Em Assembleia Geral, os docentes aprovaram o documento que dará início às negociações entre Sinpro/RS, Sinepe/RS e Sindiman

Por Comunicação Sinpro/RS
NEGOCIAÇÃO COLETIVA | Publicado em 01/03/2021


Professores da educação básica aprovaram a pauta de reivindicações em Assembleia Geral
Foto: PM Natal

Em Assembleia Geral, realizada de forma virtual no sábado, 27 de fevereiro, os professores da educação básica aprovaram por 95,1% dos votos a pauta de reivindicações para início das negociações com o Sinepe/RS e Sindiman. As reuniões entre os sindicatos terão início em março e visam a renovação da Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) das escolas de educação básica e instituições comunitárias de todo o Estado.

Além das cláusulas sociais e as já existentes da CCT, o documento prevê, mais uma vez, as questões específicas relacionadas com o período de pandemia.  Essa especificidade estará em pauta nas discussões entre as entidades na mesa de negociação.

Entre os destaques aprovados pelos professores estão a redução de 20% da diferença percentual existente entre os valores hora-aula pagos aos professores dos anos iniciais e os dos anos finais do ensino fundamental, proposta de calendário letivo para 2022, reajuste salarial e pagamento de décimo terceiro, além de regramento para o uso de imagem dos docentes nas aulas gravadas, entre outros pontos.

Acesse aqui a íntegra da pauta de reivindicações

Acompanhe pelas redes sociais do Sinpro/RS os desdobramentos da negociação Coletiva 2021. Acesse pelo Facebook, Twitter, Instagram e Aplicativo.