Sindicatos têm reunião de negociação salarial

De 19 a 27 de abril o Sinpro/RS realizou 14 assembleias em todo o estado para definição da pauta de reivindicações.

Por Comunicação Sinpro/RS
Negociação Salarial | Publicado em 26/05/2017


Iniciou em maio a negociação salarial dos professores que atuam exclusivamente na educação infantil com reuniões entre Sinpro/RS e o Sindicato patronal (Sindicreches). De 19 a 27 de abril o Sinpro/RS realizou 14 assembleias em todo o estado para definição da pauta de reivindicações.

Consta na proposta de pauta aprovada pelos professores: reajuste salarial de 7% (para hora-aula maior) e 9% (hora-aula menor) em Porto Alegre, com vistas à equiparação salarial, e 7% nos demais municípios. Destacam-se ainda: reembolso de 50% na mensalidade para os dependentes matriculados em outro estabelecimento de ensino; pagamento integral das horas destinadas aos passeios, festividades ou acantonamentos; pagamento dos salários em rede bancária para todas as escolas; ampliação do abono de faltas por motivo de doença de filhos, pai e mãe e garantia de contratação direta dos professores para evitar a terceirização, feriado-ponte (Dia do Professor), entre outras.

“Durante a negociação é momento propício para destacar a importância dos professores dessa etapa, que merecem valorização e reconhecimento, pois dedicam-se em seu trabalho ao desenvolvimento infantil, aumentando ainda mais as exigências e responsabilidades”, argumenta Celso Stefanoski. Acompanhe no site do Sinpro/RS os desdobramentos da negociação.