Sinepe diz que reajuste das mensalidades deverá ficar em 8%


Comunicação Sinpro/RS
Sinpro/RS e Sinepe/RS | Publicado em 17/01/2013


O reajuste das mensalidades das escolas privadas do Rio Grande do Sul deve ficar, em média, na casa de 8%. O presidente do Sindicato do Ensino Privado do Estado (Sinepe/RS), Osvino Toillier, confirmou que o percentual foi definido com base na planilha de custos das instituições de ensino da Educação Básica e do Ensino Superior. “O percentual já vem na mensalidade de janeiro porque a lei determina que seja 45 dias antes do fechamento das matrículas”, explica.

Segundo ele, a legislação estabelece que cada escola faça um estudo dos custos e defina o índice. O prazo para informar o valor da mensalidade terminou nesta terça. A mensalidade com o novo valor deve ser pago pelos pais no mês de fevereiro. “Nenhuma escola particular gaúcha, associada ao Sinepe/RS, vai praticar preços abusivos ou vai usar de estratégias de despesas para conseguir uma mensalidade superior”, garantiu.

Conforme Toillier, as aulas na rede privada do Rio Grande do Sul vão começar em 25 de fevereiro para cerca de 600 mil estudantes da Educação Básica e do Ensino Superior. O Rio Grande do Sul soma cerca de 500 instituições de ensino privado no Estado, 86 delas em Porto Alegre.

Com informações de Correio do Povo.