Sinpro/RS tem audiência com governo do estado para tratar sobre a Uergs


Comunicação Sinpro/RS
Audiência | Publicado em 08/02/2013


Nesta quinta-feira, 07, o Sinpro/RS, Aduergs, Semapi e Assuergs reuniram-se com a Assessoria Superior do Governador do RS, órgão diretamente ligado ao chefe do executivo estadual, Tarso Genro. Na audiência, as entidades entregaram documento que registra a situação de calamidade vivida pela Universidade Estadual e as demandas urgentes a serem implementadas no curto prazo.

A Coordenadora Adjunta, Jussara Dutra, ressaltou as dificuldades orçamentárias do estado e o interesse do governo de implantar quatro mestrados e dois doutorados na Uergs. Diante dessa manifestação, os representantes dos trabalhadores asseguraram que nas condições atuais o principal investimento a ser realizado é dar regularidade e qualidade à graduação, proporcionando aos estudantes aulas regulares, o que em alguns campi só acontece duas vezes por semana pela mais absoluta falta de professores.

As entidades registraram as inúmeras e infrutíferas audiências realizadas com a Secretaria de Ciência e Tecnologia e responsabilizaram diretamente o Governador pela situação da Uergs. Professores e funcionários não querem apenas salário, mas sim condições para trabalhar em uma Universidade de verdade.

Foi destacado o clima de insatisfação existente na comunidade universitária e denunciada a flagrante contradição na promessa de abertura de mais campi da Uergs, estando ela nessa situação de precariedade. Foi solicitada resposta das demandas até o início do próximo semestre letivo, dia 04 de março.

Jussara Dutra assumiu o compromisso de levar ao governador Tarso Genro o conteúdo da reunião e dar retorno dentro do prazo reivindicado. Após a audiência, o documento foi protocolado e as entidades de professores e funcionários marcaram reunião conjunta a ser realizada no dia 28 de fevereiro, às 17h, na sede do Sinpro/RS (Av.João Pessoa, 919) e será preparatória para as atividades de mobilização marcadas para o dia 4 de março. Esta reunião está aberta a participação de todos os professores e funcionários interessados.