24/05/2013 | 09h às 18h | Hotel Embaixador - Porto Alegre - RS
A dinâmica do ensino privado, marcada pela ampliação de funções e tarefas impostas aos professores, tem estabelecido um novo conceito de jornada de trabalho para os docentes sem que haja, em contrapartida, qualquer acréscimo de remuneração. Os gestores do ensino privado, além dos argumentos tradicionais, têm se limitado a justificar o aumento das demandas de trabalho como decorrência das novas tecnologias, não considerando que essa realidade tem afrontado o direito ao descanso e ao lazer, direitos fundamentais, já consagrados.

A realidade de trabalho dos professores do ensino privado enseja a realização do I Seminário Nacional Profissão Professor: Trabalho Extraclasse X Direito ao descanso, que contará com a participação de membros do Legislativo Federal; do Tribunal Superior do Trabalho, da Associação dos Magistrados Trabalhistas, do Ministério Público do Trabalho e da Ordem dos Advogados do Brasil.