Dia Nacional de Mobilização acontece nesta sexta-feira, 30

Organizado pela CUT e demais Centrais Sindicais, UNE e Via Campesina.

Por Comunicação Sinpro/RS
Dia Nacional de Mobilização | Publicado em 30/08/2013


O Sinpro/RS convoca os professores que não têm aula nesta sexta-feira, 30 de agosto, para participar das manifestações do Dia Nacional de Mobilização, organizado pela CUT e demais Centrais Sindicais, UNE e Via Campesina. A mobilização integra a luta pela retirada do Projeto de Lei 4330, que autoriza as terceirizações em todas as atividades profissionais nos setores público e privado. Aos professores que mantiverem aulas na sexta, o Sinpro/RS orienta para que debatam com os colegas no seu local de trabalho o PL e demais reivindicações dos trabalhadores usando o material elaborado pelo departamento Jurídico e Direção do Sinpro/RS.

Estão marcados atos organizados pela CUT/RS em diferentes pontos do Estado. Em Porto Alegre, às 6h, na estação rodoviária. Em Esteio, às 10h, na Expointer. No interior, as regionais da CUT realizarão manifestações, a exemplo do que ocorreu no dia 11 de julho, na greve nacional.

Votação
O PL 4330 poderá entrar em votação no Congresso no próximo dia 3 de setembro. Diretores do Sinpro/RS estarão em Brasília com os demais dirigentes sindicais para pressionar os parlamentares que integram a Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) e as lideranças partidárias pela retirada da proposta.

Confira quem são os parlamentares gaúchos que compõem a CCJ:
Alceu Moreira (PMDB) – dep.alceumoreira@camara.leg.br
Mendes Ribeiro Filho (PMDB) – dep.mendesribeirofilho@camara.leg.br (em licença)
Nelson Marchezan Junior (PSDB) – dep.nelsonmarchezanjunior@camara.leg.br
Vilson Covatti (PP) – dep.vilsoncovatti@camara.leg.br
Beto Albuquerque (PSB) – dep.betoalbuquerque@camara.leg.br
Jose Stédile (PSB) – dep.josestedile@camara.leg.br
Onyx Lorenzoni (DEM) – dep.onyxlorenzoni@camara.leg.br
Vieira da Cunha (PDT) – dep.vieiradacunha@camara.leg.br
Assis Melo (PCdoB) – dep.assismelo@camara.leg.br

Para ver a lista completa da bancada gaúcha, acesse aqui.

O projeto
O projeto de Lei 4330/2004, do deputado Sandro Mabel (PMDB-GO), representa um imenso ataque aos direitos dos trabalhadores, pois permite a contratação de trabalhador terceirizado para qualquer função da empresa, precarizando as relações de trabalho. Quem está por trás desse projeto são os grandes empresários que querem reduzir custos e lucrar mais. Com muita luta, as centrais sindicais e sindicatos conseguiram adiar a votação para 3 de setembro. Não vamos permitir esse ataque aos direitos dos trabalhadores.