Mobilização alerta para as contradições no ensino privado

As manifestações visam alertar pais,alunos e a comunidade sobre as contradições do ensino privado gaúcho que,apesar de viver um de seus melhores momentos

Por Comunicação Sinpro/RS
Ensino superior | Publicado em 09/04/2013


O Sinpro/RS iniciou nesta segunda-feira, 08, uma série de mobilizações dos professores e funcionários nas instituições de ensino privado no Estado. As manifestações visam alertar pais, alunos e a comunidade sobre as contradições do ensino privado gaúcho que, apesar de viver um de seus melhores momentos, resiste em atender as melhorias salariais reivindicadas pelos docentes na negociação salarial 2013.

Na noite desta segunda-feira, a direção do Sinpro/RS, professores e os representantes do funcionários estiveram em frente à PUCRS para a panfleteação de materiais que apresentam dados sobre a realidade das instituições de ensino, como reajuste das mensalidades acima da inflação e o grande número de novos alunos. Em abril, seguem as negociações entre o Sinpro/RS e o Sinepe/RS. Na pauta de reivindicações estão: reposição do INPC + 3% de aumento real de salário, limitação do número de alunos por turma, limitação e remuneração do trabalho extraclasse, preservação do direito ao descanso, entre outros.

Confira as fotos da mobilização.